Empilhadeira elétrica ou a combustão

Se você está em dúvidas sobre adquirir uma empilhadeira elétrica ou a combustão, então este é o artigo certo para você. Afinal, escolher o melhor tipo de equipamento pode fazer toda a diferença na sua operação e até mesmo na produtividade diária dos operadores envolvidos. Logo, é essencial que você analise as vantagens de cada uma. A grande verdade é que cada tipo de empilhadeira possui suas particularidades. Logo, elas são ideais para diferentes tipos de empresa. Então conhecer essas necessidades individuais é o primeiro passo para garantir que você fez a escolha certa. Portanto, vamos conhecer melhor os dois tipos de equipamento?

Empilhadeira a combustão

Também conhecidas como empilhadeiras a gás, esse tipo de equipamento é conhecido pela redução na emissão de gases tóxicos, como o carbono. Por esse motivo, elas são ideais para o uso em galpões por conta da ventilação. Além disso, elas também são conhecidas por funcionarem por mais tempo. Como algumas fazem uso de motores adaptados, elas geralmente possuem um sistema de combustão da gasolina. Logo, para que continuem funcionando, basta reabastecer. Existem também os modelos que funcionam à base de diesel.Porém, os modelos a diesel são recomendados para locais com muita ventilação. Isso porque a produção de gases tóxicos aqui costuma ser maior. O funcionamento das empilhadeiras a combustão se dá por meio dos sistemas de transmissão, que já é automático nos modelos mais modernos do mercado. O sistema manual é mais utilizado em terrenos com grandes inclinações, enquanto o automático pode ser utilizado sem problemas em terrenos planos.

Empilhadeira elétrica

Como você pode ver, o modelo a gás é bastante versátil. Porém, não é à toa que a dúvida entre empilhadeira elétrica ou a combustão é tão comum. Afinal, o equipamento elétrico também traz diversos benefícios para a operação. Isso porque elas são indicadas para a operação em muitos lugares: fábricas, armazéns, frigoríficos, etc. A configuração do equipamento permite recuos e grandes manobras, fazendo com que a condução fique mais fácil. Além disso, esses modelos costumam ser mais compactos. Por isso, podem atuar em espaços estreitos, como corredores do estoque. A principal fonte de energia é a bateria. Por isso, basta recarregar para que ela continue a operação. Por último, não podemos deixar de citar o fato de que esse tipo de empilhadeira costuma ser mais silenciosa. Logo, o trabalho do operador se torna mais confortável. Empilhadeira elétrica ou a combustão Mas, afinal, como escolher?

O que é melhor: empilhadeira elétrica ou a combustão?

Infelizmente, não existe uma resposta única para essa pergunta. Como você pode ver, ambos os tipos de equipamento oferecem benefícios para as empresas. Porém, é preciso analisar o tipo de negócio em que você atua e quais são as suas necessidades específicas. Por exemplo, se você trabalha em terrenos elevados, a empilhadeira a combustão com sistema de transmissão manual pode ser a melhor escolha. Porém, se o equipamento é destinado aos corredores do estoque de um supermercado, então este tipo de empilhadeira seria grande demais para o ambiente. Neste caso, a empilhadeira elétrica seria a melhor opção. É preciso também avaliar questões como a ventilação do local por conta da emissão de gases tóxicos. Por último, vale refletir sobre a melhor fonte de energia para manter a operação da empilhadeira. Portanto, ao comprar ou alugar o equipamento, é essencial que você tenha todas as suas necessidades particulares em mente. Dessa forma, será muito mais fácil tomar a decisão! Você ainda tem alguma dúvida sobre empilhadeira elétrica ou a combustão? Então deixe o seu comentário no espaço abaixo para que possamos ajudá-lo. Aproveite também para compartilhar o artigo nas redes sociais!

PARCEIROS
Ergui

Todos os Direitos Reservados | Érgui
Rua Ângelo Chiarelo, 3185 - Bairro Pio X
CEP 95032-460 - Caxias do Sul
Fone/fax: 54 - 3222-6115
Cel: 54 - 9907-6858 / 8432-6972
E-mail: guilherme@ergui.com.br

Solicite nosso orçamento



desenvolvido por Involve